Seções Sindicais do ATENS SN realizam mobilizações nesta quinta

As seções sindicais do ATENS SN realizaram mais um dia de mobilizações nesta quinta, 29, contra as ameaças à Educação Pública, às Instituições Federais de Ensino Superior e aos direitos dos trabalhadores.

O movimento serviu para alertar a sociedade para o perigo da aprovação do conjunto de propostas e projetos que estão em rápida tramitação no Congresso, como a proposta de redução de investimentos públicos na saúde e educação para os próximos 20 anos – a PEC 241, o Projeto de Lei 257/2016, a Reforma da Previdência, a lei da mordaça e a cobrança de mensalidade em instituições públicas.

ATENS UFRN

A ATENS UFRN participou de reunião aberta do Conselho do centro de Ciências Exatas e da Terra, alertando a comunidade acadêmica sobre os impactos da PEC 241/2016, que limita os gastos públicos nos próximos 20 anos, nas políticas públicas educacionais e Universidades.

ATENS UFV

Os profissionais Técnicos de Nível Superior da Universidade Federal de Viçosa, filiados à ATENS UFV, aprovaram a adesão ao movimento em Assembleia. A partir das 9h, os filiados se reuniram na sede da seção sindical para elaboração do documento com o posicionamento da entidade sobre o Projeto de Lei 257 e PEC 241 para o serviço público.

ATENS UFSM

Durante a manhã, integrantes da ATENS/UFSM estiveram na frente do arco em manifestação contra os projetos de lei que desestruturam o serviço público como a PEC 241, o PL 257 e o PL 4330 (das terceirizações). A mobilização, que ocorreu das 7h30 às 9h, buscou chamar a atenção sobre esses temas para que, com pressão das categorias, não sigam adiante no Congresso Nacional.

Em seguida, os manifestantes seguiram em caminhada para o seminário unificado ocorrido no auditório do Colégio Politécnico. O evento reuniu diversas categorias de servidores públicos para debater sobre as implicações dos projetos de lei que afetam o serviço público. Entre as entidades presentes estavam Sindicaixa, UGEIRM, Sintergs, Sinasefe, Assufsm, Sinprosm e Sedufsm.

O evento também tratou da auditoria da dívida e, de tarde, lançaria a Frente Combativa em Defesa do Serviço Público. Na abertura do seminário, as entidades convidadas manifestaram-se no geral pela união de forças, entre elas a presidente Maria Nevis que representou a ATENS/UFSM. “Agradecemos pelo convite para estar aqui e viemos para somar. É um momento de unir forças e seguir um rumo”, disse a presidente.

Com informações da ATENS UFSM e UFV