Saiba como foi a semana do ATENS SN – 20 a 24 de setembro

No primeiro dia da semana fomos convocados para reunião extraordinária da Pública Central do Servidor, para tratar da organização das ações de pressão sobre os deputados contra a PEC32 em Brasília e nas suas cidades de origem, na tentativa de influenciar a votação do relatório do deputado Arthur Maia na Comissão Especial e barrar o trâmite da reforma administrativa antes mesmo de ir ao Plenário da Câmara. À noite, a reunião da Diretoria do Sindicato Nacional se dedicou a finalizar o Plano Trienal de Gestão, que será apresentado para aprovação pelo Fórum de Dirigentes, conforme o Estatuto determina.

Na terça-feira pela manhã, representamos a Pública na reunião da Coordenação Nacional da Agenda Legislativa, uma iniciativa do Fórum das Centrais Sindicais para acompanhar matérias de interesse dos trabalhadores e da sociedade em geral, que conta com a assessoria do DIAP. Atualmente, as prioridades da Agenda são a PEC 32, a proposta de modificação do FGTS, o PL591 que trata da privatização dos Correios e o PL de Kim Kataguiri que pretende extinguir a profissão de frentistas para reduzir o preço dos combustíveis. Na parte da tarde, a Diretoria Nacional do ATENS convidou a infectologista Drª Marise Reis (UFRN) para fazer uma exposição e promover um debate sobre as condições de retorno ao trabalho presencial nas Universidades Federais, que foi organizado em dois tópicos: a situação da pandemia (o trajeto percorrido até a vacinação) e a transmissão do vírus (o que aprendemos até aqui).

Durante toda a semana, estivemos envolvidos intensivamente nas atividades nas redes sociais pressionando os deputados contra a PEC32, mantendo a mobilização da categoria para que participem das convocações para usar as ferramentas virtuais, bem como buscando a atualizar as informações no decorrer dos embates que se deram na disputa entre o governo e os trabalhadores.