Saiba como foi a semana do ATENS SN – 14 a 18 de junho

Na segunda-feira, a Pública Central do Servidor convocou uma reunião para discutir os detalhes finais da campanha de mídia nacional com o tema contra a PEC 32, assim como o lançamento de alguns materiais nos atos #19J. No fim da tarde, participamos da reunião do Núcleo de Trabalho e Serviços Públicos da bancada do PT na Câmara, com a presença de diversos parlamentares, entidades e sindicatos, contando cerca de 95 participantes, para discutir estratégias para mobilização contra a PEC32, como indicação das emendas, requerimentos para audiências públicas e pressão das bases sobre os deputados para expressar a rejeição pelas categorias de servidores.

Participamos ainda da live da Pública Central do Servidor em homenagem aos deputados federais que votaram contra a PEC32 na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania, com a presença de várias deputadas e deputados, que receberam também uma placa de prata em agradecimento ao seu posicionamento.

A Plenária organizativa dos atos #19JForaBolsonaro no RN foi realizada na terça-feira, com mais de 130 representantes das centrais sindicais, frentes, sindicatos, movimentos sociais e estudantis e partidos políticos, onde representamos a Pública Central do Servidor na coordenação geral do Ato, que foi assumida pelas Centrais Sindicais e Movimento estudantil.

A reunião semanal da Pública Central do Servidor, na quinta-feira pela manhã, discutiu a ação das Centrais nos atos #19J e nos demais eventos unitários contra a Reforma Administrativa. À tarde, participamos da Audiência Pública na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, proposta pela Frente Potiguar em Defesa do Serviço Público, para debater a Reforma Administrativa e os Ataques contra os Serviços Públicos. Na nossa fala, denunciamos a cartilha ultraliberal do governo, que expõe sua população ao vírus, à fome e à violência, propõe uma reforma que retira o acesso da população à proteção do Estado e aos seus direitos constitucionais e os joga à própria sorte, entregues aos interesses patrimonialistas dos que detém poder para transformar os ricos cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres.

Sexta-feira foi dia de reunião final da coordenação geral do Ato #19J em Natal, detalhando todas as providências para que a manifestação ocorresse com segurança sanitária, com distribuição de máscaras e álcool em gel para atender aos protocolos, bem como a orientação a todas as entidades participantes para enfatizar a importância do distanciamento social.

Fechamos a semana com a participação do ATENS nos atos #19J em várias cidades, levando às ruas e às redes a nossa solidariedade pelas 500 mil vidas perdidas pelo descaso do governo e unificando as demandas da sociedade, dos servidores públicos e da sociedade em geral por por vacina no braço, comida no prato, auxílio emergencial de 600 reais, não à reforma administrativa e fora Bolsonaro!