Rosário enfatiza na ONU avanço dos Direitos Humanos no Brasil

A ministra Maria do Rosário, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República discursou nesta semana no Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), em Genebra, na Suíça. Na sua explanação, destacou os avanços sociais e econômicos do Brasil, que abrem caminho para a consolidação de mais direitos e a preparação dos brasileiros para recepcionar a Copa do Mundo.

“Ao longo dos últimos anos, o Brasil traduziu seu compromisso com os direitos humanos em políticas voltadas à inclusão social e à igualdade de oportunidades. Partindo dos desafios mais urgentes, como o combate à fome e a superação da pobreza extrema, a abordagem de direitos humanos expandiu-se para todas as áreas de atuação do governo brasileiro”, afirmou, ao ressaltar que esses avanços permitiram ao País retirar 36 milhões de pessoas da condição de pobreza extrema e outras 42 milhões ascenderam socialmente.

Rosário também abordou a importância do direito à saúde e a expansão do atendimento médico por meio do Programa Mais Médicos. “Igualmente fundamental é a existência do sistema público de saúde, que assegura o atendimento gratuito, integral, universal e equitativo”, disse.

Representando o governo brasileiro, a ministra também comentou os preparativos para a Copa do Mundo de Futebol. “Estamos preparados para realizar a Copa das Copas. Reconhecemos que o esporte e os direitos humanos compartilham princípios de convivência, tolerância, respeito, harmonia entre os povos e a valorização de uma cultura de paz. Para o Brasil, a Copa significa ainda integração, oportunidade de empregos e desenvolvimento. Estamos implementando iniciativas para que também seja a Copa do combate ao racismo e da proteção integral aos direitos das crianças e dos adolescentes”, garantiu.

Fonte: Portal Vermelho