Ministro negocia para realizar evento mundial de educação

O ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, iniciou as negociações para a realização de um evento internacional sobre educação nos próximos anos, já autorizado pela presidenta Dilma Rousseff. “Não necessariamente precisa ser o próximo fórum, que acontece de 15 em 15 anos, mas podemos pensar em uma forma de reunir os ministros da área”, explicou nesta quinta-feira, em Incheon, Coreia do Sul, durante a participação no Fórum Mundial de Educação da Unesco.

A intenção é ampliar o debate sobre o tema. Durante a semana, ministros de diversos países se mostraram curiosos para saber como o programa Bolsa-Família melhorou os índices de educação do Brasil, tanto citado por Janine durante os dias na Ásia. Ele se colocou à disposição de quem quisesse receber informações sobre esse e outros programas.

Dados – Esta quinta-feira, 21, foi o último dia do Fórum Mundial de Incheon. No painel temático sobre a criação de uma agenda educacional pós-2015, Renato Janine Ribeiro falou sobre a importância de ter dados para avaliar a qualidade da educação e guiar ações, como, no caso brasileiro, o índice de desenvolvimento da educação básica (Ideb) e a Prova Brasil. Os índices ajudam a aprimorar as políticas federais, estaduais e municipais.

Ainda no último dia, o ministro participou de discussão sobre como a educação atua no desenvolvimento sustentável, e se encontrou com o ministro da Educação do Chile, Nicolás Eyzaguirre.

Assessoria de Comunicação Social do MEC