I Congresso referenda adesão do ATENS SN à Central Pública

Reunidos na manhã desta sexta-feira, 16, em Belo Horizonte, delegados de todas as regiões do país referendaram a decisão das bases de adesão do ATENS Sindicato Nacional à Central do Servidor Público, a Pública.

A decisão acontece após a realização de uma consulta eletrônica, entre os dias 7 e 8 de junho, quando a expressiva maioria de 94% dos votantes disse sim a um novo sistema de representação específica dos servidores e empregados públicos.

Para a Diretoria do Sindicato, a filiação a uma Central que agrega o funcionalismo público, respeitando as diferenças entre o servidor público e o trabalhador da iniciativa privada, deve fortalecer a luta dos TNS por melhores condições de trabalho, remuneração e de atuação profissional.

Ao ressaltar a importância da filiação diante da perspectiva de uma no difícil para os movimentos sociais e sindicais, o vice-presidente do Sindicato, Paulo Menezes, pontuou a necessidade de “resgatar a identidade do servidor, a legitimidade e necessidade do serviço público que nos últimos anos tem sido eleito o maior responsável pela crise. É preciso descontruir essa imagem”.

A Pública

Fundada em agosto de 2015, representa os servidores públicos de todo o país, de todas as categorias, das três esferas de poder e do funcionalismo da União, Estados e Municípios.

Entre as pautas de defesa da Pública estão: a probição da terceirização nas atividades essenciais do funcionalismo público, valorização da carreira do servidor, investimento na qualificação desses profissionais, redução de indicações políticas e de cargos comissionados.

A Pública também quer a implementação de uma data-base para a categoria, instituir em lei a negociação coletiva e garantir outras condições de trabalho previstas na Convenção 151 da OIT (Organização Internacional do Trabalho) para a função pública.