Pesquisa demonstra papel das universidades no combate à Covid-19

Mesmo sofrendo duros ataques pelo atual governo, que vão desde os cortes orçamentários à acusações de incapacidade e falta de pertinência, as universidades federais brasileiras, desde o início da pandemia do Novo Coronavírus, têm desenvolvido diversos trabalhos essenciais para auxiliar no combate ao COVID-19. 

Mas, de que forma as universidades públicas federais, diante dos cortes sucessivos de orçamento e de sobressaltos no seu cotidiano, estão contribuindo para o enfrentamento da crise sanitária em curso? Quais as ações que estão sendo implementadas? 

Foi com o objetivo de responder a essas questões que a professora voluntária da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Arlete Duarte, desenvolveu em conjunto com Antonio Alves Filho, Fabio Resende de Araújo e Marconi Neves Macedo o estudo: “Universidades Públicas Federais no Enfrentamento ao Coronavírus: Mobilização e Construção de Capacidades e Lições Aprendidas”.  

A pesquisa é censitária e abrange a totalidade das 69 universidades públicas federais em todas as cinco regiões do país. Foram contabilizadas para o período de 31 de janeiro a 1º de maio de 2020, um total de 1167 iniciativas envolvendo diferentes capacidades.

Confira aqui a pesquisa.

O ATENS Sindicato Nacional também conversou com a professora Arlete Duarte, uma das autoras da pesquisa, em uma live que foi ao ar ontem, 22 de outubro. Você pode conferir esse bate-papo aqui.