fbpx

Maia pretende acelerar tramitação de PEC emergencial na Câmara

Ao participar de um evento internacional para investidores em São Paulo, na última quarta-feira, 29, o Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM, RJ), declarou que a PEC 186/19, a chamada PEC emergencial, poderá ter sua tramitação abreviada na Câmara e ter o seu texto promulgado imediatamente após a votação dos deputados.

Atualmente, a proposta se encontra em análise no Senado e a ideia do presidente da Câmara é abreviar sua tramitação anexando o texto à PEC 438/18, criada por Pedro Paulo (DEM-RJ), para regulamentar a chamada “Regra de Ouro”, que proíbe o governo de se endividar para pagar despesas cotidianas. A PEC 438/18 foi aprovada, em dezembro do ano passado, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara e agora será analisada por uma comissão especial.

A PEC emergencial, que será válida para a União, estados e municípios, prevê a redução de até 25% da jornada e do salário de servidores públicos que recebem acima de três salários mínimos e torna permanente o Teto do Gasto Público, de que trata a EC 95.

O projeto de massacre aos serviços e servidores públicos segue a todo vapor. O ATENS Sindicato Nacional segue atuando com a Pública, Central do Servidor, e as diversas frentes que lutam contra a perda de direitos. Mas, para frear o avanço de todos estes ataques, precisamos de muita mobilização de todas as categorias, pois somente com união conseguiremos ser fortes para resistir.

Leia também

Diretoria do ATENS SN se reunirá para discutir planejamento de 2020

Durante os dias 14, 15 e 16 de fevereiro, os dirigentes da diretoria do ATENS …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *