Ataques à democracia no governo Bolsonaro

Na última terça-feira, o presidente da república compartilhou em seus grupos um vídeo de cunho apelativo e endossou o chamamento para as manifestações de extrema direita contra o Congresso e STF nos próximos dias de março.

Evidente que se pode traduzir este movimento como uma investida contra a democracia, a constituição e as instituições, incorrendo o senhor presidente em crime de responsabilidade, conforme o Art. 85 de nossa Constituição Cidadã e o Art. 6º da Lei nº 1.079, chamada de lei do impeachment.

Este ataque à democracia, somado a outras tantas atitudes autoritárias do governo de Bolsonaro, sinaliza um caminho de ruptura democrática e que um golpe antidemocrático pode não ser mais desejo, mas um projeto. E, por isto, o ATENS Sindicato Nacional junta sua voz aos demais movimentos sociais, entidades sindicais, figuras da política nacional de diferentes vertentes ideológicas para também exigir o fim deste retrocesso e somar em uma frente ampla em defesa da democracia, antes que seja tarde.

Não podemos permitir que nosso país retome o caminho do autoritarismo que se desenha no horizonte. Sem as instituições democráticas estaremos mergulhados em uma nova velha ditadura e a voz do povo será novamente calada. A democracia é condição primordial para que possamos lutar pela construção de um país mais justo e solidário.

Este cenário exige reação e, portanto, a união de todas as forças democráticas é fundamental! Juntos somos mais fortes!!